Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Erva Daninha, em 30.07.13

Uma pedra no sapato

Podemos racionalizar (quase) tudo. A perda, a rasteira, a indiferença. Podemos até racionalizar a traição, o engano ou a rejeição. Podemos quase tudo, desde que o neocortex consiga fechar as algemas nos punhos da amígdala. Arrancar-lhe qualquer receptor químico. Amordaçá-la. Mas esta merda não funciona se, no fundo, ainda estivermos em negação, de uma banalidade que seja. Porque é como uma pedrita dentro do sapato.

Autoria e outros dados (tags, etc)

19:53


 



Subscrever

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Condomínio

Neste prédio vivem criaturas fora de série, mas no sentido desmiolado da expressão :-/


Gato Vadio

Erva Daninha

Crocodila Maria

Humana

Há gatos a patrulhar o prédio, mas apenas o vadio sobe ao telhado. Temos ervas daninhas, quase todas com estatuto de flor de estufa. A última aquisição foi a Maria, encarregada de patrulhar e controlar os insectos do jardim. A pôr ordem nisto tudo, uma humana cuja principal função é impedir que as patrulhas se cruzem :-s